08 novembro 2016

# Educação Infantil

HORA DO SONINHO - MOMENTO DE REFLETIR SOBRE ESTA PRÁTICA NAS ESCOLAS.

Segundo Craidy (2001 p.34), algumas escolas infantis " [...] costumam obrigar as crianças a dormirem após o almoço, não respeitando as necessidades individuais delas”.

Revista Nova Escola em seu artigo: "Eta Soninho bom!", revelou que as unidades escolares dividem-se em duas ações divergentes. Algumas, optam por oferecer um horário específico para que todos os alunos durmam, enquanto outras, deixam este comportamento a critério de cada criança.

O Referencial Curricular Nacional (volume 2) discorre sobre este assunto , alegando que o "[...] sono e repouso são importantes para a saúde geral e o sistema nervoso em particular." ( RCN, p.59).

Os horários de repouso, não devem ser previamente definidos, mas a regularidade,  nas instituições infantis, acabam por criar uma constância.

Sabe-se, no entanto que o sono é fundamental para qualquer ser humano e para entender melhor quantas horas uma criança necessita dormir,  recorreu-se aos dados do site Brasil Center.



O certo é que cada criança tem um ritmo próprio, em relação as horas de sono,  saber deste fato é primordial na escolha de estratégias pedagógicas que tornem essa prática menos invasiva e mais respeitosa.

Para as crianças que precisam deste tempinho de descanso, é fundamental definir procedimentos que assegurem que elas não sejam perturbadas como: um local tranquilo e aconchegante, pouca luz, músicas tranquilas, boa ventilação, temperatura agradável. 
Além disso, verificar os lençóis, retirar sapatos e objetos que possam machucar os pequenos, são cuidados para garantir um sono seguro e reparador. 

Esses rituais podem colaborar a controlar a ansiedade e a agitação desencadeada pelo cansaço e que por vezes dificulta as crianças dormirem.





Já para aquelas que preferem ficar acordadas, as atividades devem ser diferentes das preparadas para os mais sonolentos.
Ao professor compete entender essa medida e atender toda essa demanda.


REFERÊNCIAS


CRAIDY, C.M. Educação Infantil e as novas definições da legislação. In: CRAIDY, C.M.; KAERCHER, G.E. Educação Infantil: Pra que te quero? Porto Alegre - RS :Artmed, 2001. 

NOVAescola. Eta !Soninho bom! 

 



LEIA TAMBÉM!

HORA DO SONINHO - COMO PREPARAR ATIVIDADES PARA OS SONOLENTOS.

HORA DO SONINHO - COMO PREPARAR ATIVIDADES PARA AS CRIANÇAS QUE NÃO DORMEM.

Nenhum comentário:

POSTAGENS MAIS POPULARES

Google+

Seguidores