20 março 2020

QUAL O PAPEL DA ESCOLA DEPOIS DA CRISE DO CORONAVÍRUS?

março 20, 2020 0 Comments

O mundo todo está sofrendo com a reorganização de todas as instituições, inclusive as escolas, para enfrentar o Coronavírus.
O problema é que as crianças de todo o mundo ficarão por um bom tempo longe das escolas. 



Os professores num esforço imenso têm tentado minimizar este problema, porém, o tempo de organização de materiais impressos ou online foram muito curtos e muitos ainda têm dúvidas de como enviar para casa atividades que realmente possam ser adequadas e auxiliem as crianças no processo de aprendizagem. 
É claro que neste momento o apoio familiar é fundamental e algumas ações são imprescindíveis para minimizar a defasagem escolar. 


Momento de manter a calma!


É importante que tanto professores como equipe gestora tenham calma e reflitam sobre seus planejamentos e possibilidades de construção de ambientes que ultrapassem as paredes escolares e cheguem aos estudantes. Sim, a tecnologia será uma grande aliada nesse momento, mas ela não minimiza o trabalho pedagógico.

Isso não significa desemprego, mas  um desafio enorme de reinventar-se  e de consolidar uma ação coletiva de responsabilidade social que torna os profissionais ligados à  Educação  tão importantes quanto o médico que atua diretamente na linha de frente dessa luta contra o Coronavírus. 

Como mediadores do conhecimento somos responsáveis por disseminar agora através das atividades que enviarmos a conscientização social e realmente consolidar a cidadania que tanto pregamos dentro das unidades escolares. Por isso, neste momento, revejam seus planejamentos e façam as adequações necessárias pensando em transmitir não só conhecimentos específicos, mas informações necessárias para salvar vidas. 

A economia em todas as frentes se faz necessária, pois a nação precisará de todos os recursos  para a saúde, então, diminuir gastos com papeis e outros materiais também é nosso trabalho. Assim como os cientistas buscam vacinas, remédios enfim o tratamento adequado aos doentes, precisamos buscar metodologias de trabalho que tornem a população grandes aliados nessa luta. 

Diante disso , o blog Pedagoga Andréa Educa irá se empenhar por esses dias a encontrar materiais, recursos e metodologias que possam inspirar professores e escolas a lutar com a arma mais poderosa “o conhecimento” contra o Coronavírus. 

Vamos em frente!



24 fevereiro 2020

DICA PARA PROFESSORES - NÃO SEI BAIXAR MÚSICAS DO YOUTUBE E AGORA?

fevereiro 24, 2020 0 Comments
Chegou o momento de pesquisar músicas para eventos escolares. Nesse momento muitos professores precisam de músicas  e muitos professores se vêem reféns de programas para baixar esse material.
No vídeo abaixo explico como você consegue baixar músicas sem programa. Uma dica que vai ajudar com certeza muitos educadores em seu cotidiano.



DICAS PARA SONDAGEM - HIPÓTESES DE ESCRITA

fevereiro 24, 2020 0 Comments

Fonte: <a href="https://br.freepik.com/fotos-vetores-gratis/escola">Escola foto criado por pressfoto - br.freepik.com</a>

Ao iniciar o ano letivo, vocês precisam realizar a sondagem diagnóstica nas salas de aula. Desta forma é imprescindível seguir algumas etapas para que esse momento seja efetivo dentro do processo de ensino e aprendizagem. Portanto, algumas dicas são valiosas para que vocês possam ter sucesso nesta atividade.


1 - Como preparo o ambiente para as crianças? 



Fonte : <a href="https://br.freepik.com/fotos-vetores-gratis/escola">Escola foto criado por pressfoto - br.freepik.com</a>

Deixe claro para as crianças que este momento é muito importante é fundamental. Explicite que eles podem “escrever do jeito que conseguirem”, assim as crianças ficarão mais à vontade para realizar este exercício.

2 – Existe um modo ideal para iniciar a atividade?

Se as palavras escolhidas fazem parte de uma festa, procure introduzir dizendo o seguinte: “ Maria vai realizar uma festa de aniversário. Vamos fazer uma lista com os docinhos que ela pode usar?

3 - Devo intervir na escrita do aluno?

Durante a escrita da criança, é  importante que ela possa escrever sem interferências , para que você  consiga fazer análises deste momento que serão imprescindíveis  para suas intervenções futuramente. 

4 - Sondagem Diagnóstica individual ou coletiva? 


Fonte: <a href="https://br.freepik.com/fotos-vetores-gratis/criancas">Crianças foto criado por freepik - br.freepik.com</a>

O ideal é realizar uma sondagem individual. Esse acompanhamento auxilia na compreensão do que cada criança pensa a respeito da escrita. Essas particularidades devem ser anotadas em planilhas de observação ou em seus registros pessoais. 

5 – Posso usar qualquer tipo de palavra durante nessa atividade?

Não, as palavras precisam ser do mesmo campo semântico. Além disso, elas essas palavras devem ser selecionadas, seguindo a seguinte ordem: 1 polissílaba, 1 trissílaba, 1 dissílaba e 1 monossílaba.

6 – Posso usar folhas com imagens/ figuras e com pauta?

Não. O ideal é usar folhas em branco para não  interferir na escrita da criança.

7 -Posso ditar as palavras fazendo pausas entre as sílabas ?
Não. É importante não escandir as palavras durante o ditado.

8 - Devo ditar somente palavras ou preciso solicitar que os alunos escrevam frases?

É necessário que os alunos escrevam uma frase que envolva uma das palavras ditadas para que você possa perceber se a escrita está estável.

9 – Os alunos precisam ler depois de escrever? 

Sim. Esse momento é crucial para verificar em que hipótese de escrita as crianças estão. Não esqueça de fazer marcas de leitura (marcar a divisão de pautas sonoras) para fazer análises posteriores.

10 – Depois de realizar esta atividade, como devo organizá-las?
A sondagem diagnóstica precisa ser guardada em pastas com identificação para análises e comparações futuras. Você também pode organizar os dados em planilhas de observação.

10 fevereiro 2020

PLANEJAMENTO ESCOLAR 2020 . ENFRENTANDO OS DESAFIOS!!!

fevereiro 10, 2020 0 Comments
Por Andréa Bueno e Marilene Berti



O início do ano letivo de 2020 está cheio de novidades nas redes de ensino de todo Brasil. A implementação da BNCC ( Base Nacional Comum Curricular)  e a reorganização dos currículos para atendê-la culminaram em reflexões profundas sobre o planejamento escolar, desde a estrutura do documento até mesmo a aplicação dele nas salas de aula.  Essas mudanças não têm sido fáceis, pois, demandam estudos a respeito da metodologia de trabalho dos professores, a estrutura escolar sua identidade e formação dos professores.


Algumas dicas são importantes para que você fique mais confortável para realizar esta atividade.




1 - Faça uma Sondagem Diagnóstica inicial


A sondagem diagnóstica vai auxiliá-lo a verificar os conhecimentos prévios dos seus alunos para que você possa esboçar um documento que realmente esteja alinhado com sua prática em sala de aula. Quando for selecionar os objetivos de aprendizagem, priorize aqueles que as crianças apresentam mais defasagem.






2- Conheça os documentos que são referência para o desenvolvimento do seu planejamento.

Existem documentos que são norteadores do trabalho docente, as instituições de ensino normalmente oferecem alguns deles para que você possa planejar suas aulas. Fique atento a essas orientações para que seu documento atenda as expectativas da escola que vai atuar.




3 - Use materiais de apoio como planilhas para organizar seu planejamento.


Alguns materiais de apoio são oferecidos nas unidades escolares para que você possa organizar seu planejamento. Neles normalmente constam os objetivos de aprendizagem, conteúdos, metodologia, recursos, avaliação ...

Se por acaso você puder esboçar esse documento sozinho (a) aqui no blog você pode encontrar alguns modelos que irão auxilia-lo no desenvolvimento do seu planejamento.





4 - Conheça a estrutura de Sequências Didáticas e Projetos.

Nos planejamentos é importante incluir sequências didáticas e projetos para tornar o processo de ensino mais atrativo e prazeroso. Por isso, é essencial saber como desenvolver esse documento. Caso tenha dúvidas aqui você encontra orientações de como fazer um bom projeto e uma sequência didática.

 


                      ]
5 - Lembre-se: o Planejamento é flexível e visa atender as crianças. 


O planejamento não é um documento estático, ao contrário ele é flexível justamente para atender a realidades das salas de aula e torna-lo significativo.