21 fevereiro 2018

VOCÊ SABE O QUE É TEORIA CONSTRUCIONISTA?

fevereiro 21, 2018 0 Comments

Em 1980, o professor Seymour Papert, do Instituto de Tecnologia de Massachets, norteado pela teoria construtivista de Piaget, propôs a Teoria Construcionista.


Nesta concepção os alunos aliados a computadores constroem seus conhecimentos em um ambiente propício para este fim sendo auxiliado sempre que necessário por um professor.
A principal característica dessa teoria é o uso da máquina na
realização de construções visíveis em tela, o que representa uma fonte de ideias para o desenvolvimento de construções cognitivas, criando um movimento dialético entre o concreto e o abstrato (ALMEIDA s/p, 2000 apud OLIVEIRA s/p ,2018)

Segundo Oliveira ( 2018 ) “[...] esta teoria se apoia em meios de aprendizagem que valorize a construção das estruturas cognitivas pelo sujeito a partir de suas ações, apoiadas em suas próprias construção de mundo. O professor desempenha o papel de facilitador da aprendizagem propondo atividades para que cada aluno caminhe rumo a construção de seu conhecimento, utilizando o computador, interagindo, por meios de intervenções e interações como facilitador, o que oportuniza a construção de novos conhecimentos. ”

O trabalho desenvolvido nesta abordagem é amparado por diferentes recursos tecnológicos, por isso é necessário que os professores tenham conhecimentos prévios mínimos sobre o uso das tecnologias e os conteúdos a serem trabalhados.
Desta forma, estar propício e ter um olhar  multi e pluridisciplinar se faz necessário, para que o professor possa gerir este trabalhado atendendo as demandas dos alunos.

REFERÊNCIAS

FREEPIK. Recursos gráficos para todos.

PNGTREE. Imagens PNG para dowlouad gratuito

OLIVEIRA, C.T.C.Novas tecnologias aplicadas à educação.

15 fevereiro 2018

ESTRATÉGIAS DE LEITURA - SKIMMING - 5 DICAS DE ATIVIDADES

fevereiro 15, 2018 0 Comments


Uma estratégia de leitura conhecida é o skimming  (ou top-down processing), que segundo Talhari significa uma leitura rápida onde os estudantes procuram informações principais nos textos.

Dicas de atividades usando essa estratégia.


1ª) Livros e mais livros...

Professor (a) disponibilize livros desconhecidos para  que os alunos  possam manuseá-los.
Em seguida, oportunize que os estudantes expressem oralmente ou por escrito suas percepções globais sobre tal objeto.
Ofereça um momento para compartilhar essa experiência.

2ª) Que livro é esse?

Prepare fichas com características específicas dos livros que vai oferecer aos alunos como: tamanho, formato, número de páginas, estrutura).
Depois,unto com os alunos, entregue a cada um deles uma ficha e peça que localizem o material o  mais rápido possível.
Discuta em seguida sobre essa dinâmica.

3ª) Que propaganda é essa?

Apresente um determinado texto (uma propaganda, por exemplo) aos alunos e solicite que rapidamente deem algum tipo de informação geral sobre ele ( ex.: público, tipo de texto, natureza do produto).

4º) Reflexões sobre gêneros textuais.

Ofereça vários gêneros textuais. Determine que os estudantes busquem rapidamente  nesses textos uma informação ( ex: qual deles é destinado ao publico infantil)
Depois da atividade realidade, reflita com os alunos sobre suas impressões.

5º) Caraterísticas de um texto.
Escolha um determinado gênero textual ( ex.: receita). Instigue os alunos a indicarem três características deste material.


REFERÊNCIAS

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS DE LEITURA.
TALHARI, P.  B.  A leitura na aprendizagem de Línguas Estrangeiras: um pouco de teoria e práticas.
PEREIRA, V.W.Estratégia de predição leitora nas séries iniciais: resultados de pesquisas e aplicação no ensino 

12 fevereiro 2018

SALA DE LEITURA - "PROJETO : VIAGEM PELA LEITURA"

fevereiro 12, 2018 0 Comments

Tema: Leitura
Projeto: "Viagem pela Leitura".
Público Alvo: alunos do Ensino Fundamental.
Duração: Durante todo o ano letivo.

Justificativa

A aprendizagem da leitura , não é apenas decodifica as grafias e sons . É um processo que estabelece a relação entre a linguagem oral e escrita.Para Bamberger (1987, p. 92)  apud Gonçalves (2013) o desenvolvimento de interesses e hábitos permanentes de leitura é um processo constante, que começa no lar, aperfeiçoa -se sistematicamente na escola e continua pela vida afora, através das influências da atmosfera cultural geral e dos esforços conscientes da educação e das escolas.
Desta forma, o ato de ler precisa ser instigado de forma criativa e prazerosa, para que os alunos possam vivenciar de forma agradável o ato de ler compartilhando com seus colegas e professores suas viagens pela leitura

Objetivo Geral

  • Vivenciar a leitura , compreendendo a importância e o significado do ato de ler  na vida social.

Objetivos Específicos

  • Conhecer diferentes gêneros textuais,
  • Experienciar emoções , oportunizando o acesso a informações culturais , visando estimular a criticidade emancipadora.

Recursos


Desenvolvimento ( sugestões)

Professor ( a) apresente o acervo para os alunos , proponha uma conversa sobre os materiais disponíveis na sala de leitura.
Organize momentos de leitura: com o professor, alunos...
Combine com os estudante um dia da semana para que possam levar um livro para casa e fazer o registro em seu passaporte.
Planeje momentos de socialização dessa atividade.
Crie um Mural de sugestões de leituras.

Culminância

Exposição de passaportes e realização de um curta - metragem com relato das crianças sobre suas " viagens".

Avaliação

Será feita durante todo o processo 

REFERÊNCIA

GONÇALVES, D. S.N .A importância da leitura nos anos iniciais escolares.

PNGTREE.Imagens PNG para download gratuito

08 fevereiro 2018

ACOLHIMENTO - APRENDENDO NOMES DOS COLEGUINHAS

fevereiro 08, 2018 2 Comments
Para aprender os nomes dos pequenos você pode usar músicas  em que possa incluir seus nomes brincando com elas. É interessante usar recursos que chamem atenção e tornem esse momento prazeroso e divertido.


1ª ATIVIDADE

Música : "A canoa virou"
Indicado para crianças à partir de 4 meses
Tempo estimado: 30 minutos 

Recursos

EVA colorido
Cola quente
Música: " A canoa virou"

Prepare antecipadamente chapéus de peixinhos com os nomes dos alunos.

A sugestão primeira sugestão é confeccionar chapéus de peixinhos com os nomes dos bebês. Cada um com uma cor.
Reúna toda a turminha em roda e cante a música : Se eu fosse um peixinho.
Conforme for falando o nome da criança coloque o chapéu de peixinho na cabeça da criança.

Outra forma de apresentar a turminha é fazer uma canoa que ficará exposta na sala e entregar para cada criança uma foto dela com seu nome . Conforme a turma vai cantando você vai chamando os alunos colocar a foto dentro da canoa.


A Canoa Virou

Pois deixaram ela virar
Foi por causa de Maria
Que não soube remar

Se eu fosse um peixinho
E soubesse nadar
Eu tirava Maria ( nome da criança)
Do fundo do mar

Siri pra cá,
Siri pra lá
Maria( nome da criança) é bela
E quer casar.


Vídeo : "A CANOA VIROU"

Fonte:https://www.youtube.com/watch?v=YyZPz1yZ3xg


2ª ATIVIDADE

Música : "Quem é esperto"
Indicado para crianças à partir de 5 anos
Tempo estimado: 30 minutos 

Recursos

Crachás com nomes das crianças

Realize a brincadeira " Quero ver quem é esperto".
As crianças precisam estar sentadas em uma grande roda.
Durante essa atividade o (a) professor (a) à medida que vai cantando a música com os alunos, vai jogando no centro da roda seis ou sete crachás com os nomes deles. 
Após cantar, os alunos cujos nomes estão na ficha deverão se levantar, pegá-las e colocá-las à sua frente, no chão com o nome para cima. 
Os estudantes que não conseguirem pegar o crachá  pagarão com uma prenda no final da brincadeira. 

MÚSICA:" Quem é esperto."

Quero ver quem é esperto
E na roda vai entrar
Atenção agora aos nomes
Que no centro vou jogar.
(Cantar a música no ritmo de Ciranda Cirandinha)