31 dezembro 2017

PROJETO PARA BERÇÁRIO/ MATERNAL E PRÉ ESCOLA

dezembro 31, 2017 0 Comments
https://br.freepik.com/vetores-gratis/miudos-felizes-ilustracao_828943.htm#term=crianca&page=2&position=31

Projeto para berçário/ maternal/ pré- escola de acordo com "BNCC".
TEMA : “Aprendendo a conviver”
DURAÇÃO – Anual
Faixa estaria – Educação Infantil
EIXO : Formação Pessoal e social

JUSTIFICATIVA

Conforme o Referencial Curricular Nacional  ( p.31) " [...] a interação social em situações diversas é uma das estratégias mais importantes do professor para a promoção de aprendizagens pelas crianças". Desta forma, os educadores precisam planejar momentos de troca entre as crianças para que possam relacionar-se e se expressar suas ideias, conflitos, sentimentos. 
Saber conviver com o outro com respeito é um valor social que precisa ser estimulado e vivenciado no ambiente escolar preparando os alunos para que possam ser cidadãos conscientes.

OBJETIVO GERAL

Aprender a conviver coletivamente respeitando a si e os outros.

OBJETIVOS

Bebês (zero a 1 ano e 6 meses).

  • Perceber que suas ações têm efeitos nas outras crianças e nos adultos.
  • Interagir com crianças da mesma faixa etária e adultos ao explorar espaços, materiais, objetos, brinquedos
  • Interagir com outras crianças da mesma faixa etária e adultos, adaptando-se ao convívio social.
     
  
https://pt.pngtree.com/freepng/baby_118851.html

Crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses).

  • Demonstrar atitudes de cuidado e solidariedade na interação com crianças e adultos.
  • Demonstrar imagem positiva de si e confiança em sua capacidade para enfrentar dificuldades e desafios.
  • Compartilhar os objetos e os espaços com crianças da mesma faixa etária e adultos.
  • Comunicar-se com os colegas e os adultos, buscando compreendê-los e fazendo-se compreender.
  • Perceber que as pessoas têm características físicas diferentes, respeitando essas diferenças.
  • Respeitar regras básicas de convívio social nas interações e brincadeiras
  • Resolver conflitos nas interações e brincadeiras, com a orientação de um adulto.

Crianças pequenas (4 anos a 5 anos e 11 meses)

  • Demonstrar empatia pelos outros, percebendo que as pessoas têm diferentes sentimentos, necessidades e maneiras de pensar e agir.
  • Agir de maneira independente, com confiança em suas capacidades, reconhecendo suas conquistas e limitações.
  • Ampliar as relações interpessoais, desenvolvendo atitudes de participação e cooperação.
  • Comunicar suas ideias e sentimentos a pessoas e grupos diversos.
  • Demonstrar valorização das características de seu corpo e respeitar as características dos outros (crianças e adultos) com os quais convive.
  • Manifestar interesse e respeito por diferentes culturas e modos de vida.
  • Usar estratégias pautadas no respeito mútuo para lidar com conflitos nas interações com crianças e adultos.

(BNCC, p. 43 - 44)
RECURSOS

  • Tinta
  • Brinquedos
  • fotografias
  • caixinhas de tamanhos diferentes
  • Papéis coloridos de tamanhos diferentes
  • Painel

DESENVOLVIMENTO

HORA DE SE APRESENTAR

Prepare um tapete com fotografias dos alunos. Coloque em um cantinho da sala e lá vá apresentando vã apresentando cada um deles.

Você também pode preparar caixinhas de leite com fotografias das crianças ou janelinhas que abrem e fecham com imagens dos alunos.

COMBINADOS DA SALA

Elabore os combinados da sala com imagens que fiquem na altura dos pequenos. Sempre que puder faça uma roda e converse sobre essas atitudes com os pequenos, principalmente em momentos de conflitos.

ÁLBUM DE FOTOS DA TURMINHA

Que tal montar um álbum de fotos de momentos com a turminha e separar um momento na rotina para compartilhar essas atividades com os pequenos? Você pode deixar esse material em um cantinho da sala para que os alunos possam ter acesso.

MOMENTO DE COMPARTILHAR BRINQUEDOS


https://br.freepik.com/fotos-gratis/criancas-com-brinquedos-no-chao_1267773.htm#term=creche&page=1&position=1

Escolha um brinquedo em que mais de uma criança possa manuseá - lo e em pequenos grupos vá orientando os bebês para que brinquem em junto. É um exercício interessante e que requer paciência, mas que pode aproximar ainda mais as crianças.

CAIXINHAS SURPRESA COM OBJETOS PARA COMPARTILHAR


https://br.freepik.com/fotos-gratis/crianca-com-brinquedo-no-jardim-de-infancia_1249725.htm

Prepare caixinhas com materiais diferentes para que os pequenos possam brincar.

Sugestões de caixinhas:

  • Caixa com massinhas coloridas
  • Caixa com livrinhos de borracha
  • Caixa com bichinhos de pelúcia ou borracha
  • Caixa com joguinhos de encaixe
Separe os grupos e os oriente para que brinquem juntos.

PINTANDO JUNTO

Já imaginou esticar um pano enorme , preparar tintas em bacias e pedir que os alunos pintem os pés e experimentem carimbá-lo nesse espaço? Essa atividade é muito divertida e pode ser realizada ao som de música "Pé pintor".

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=l-p7_SNePGk

ORGANIZANDO OS BRINQUEDOS

Todas as vezes que as crianças deixarem brinquedos espalhados pela sala , incentive-os a trabalhar juntos para guardar esse material. 

A música: " Arrumar a bagunceira"  é uma dica bem legal de como avisar que é hora de guardar. Os pequenos adoravam ...

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=Rq6gyrXAG5g

AVALIAÇÃO

Será realizada durante todo o processo verificando o entusiasmo e se os objetivos propostos inicialmente estão sendo alcançados.

CULMINÂNCIA

Elaborar um painel que ficará exposto durante todo o ano com as atividades desenvolvidas.

REFERÊNCIAS

IMAGENS PNGtree.Imagens png para dowlouad gratuito

  • https://pt.pngtree.com/freepng/cute-kids_1204855.html
  • https://pt.pngtree.com/freepng/education_1809659.html

BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR.

PROJETO: IDENTIDADE  

27 dezembro 2017

ARTE - SEQUÊNCIA DIDÁTICA O NAVIO NEGREIRO

dezembro 27, 2017 0 Comments


Sequência Didática - "O Navio Negreiro"
Disciplinas -  Arte
Duração -  10 aulas
Público Alvo:  6 º ano do Ensino Fundamental


JUSTIFICATIVA

De acordo com o BNCC (p. 205 ) "[...]  no Ensino Fundamental – Anos Finais, é preciso assegurar aos alunos a ampliação de suas interações com manifestações artísticas e culturais nacionais e internacionais, de diferentes épocas e contextos."
O papel do ensino, neste contexto,  é o de vincular conhecimentos escolares com conhecimentos sociais, ofertando uma aprendizagem significativa, onde alunos possam sentir-se a vontade no campo da descoberta e da criatividade.

OBJETIVO GERAL

Conhecer a história dos navios negreiros através da Linguagem Artística.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • Conhecer e examinar a obra: " O Navio Negreiro" 
  • Analisar a história da escravidão no Brasil e suas implicações.
  • Relacionar fatos históricos reais com a obra de Willian Turner.
  • Leitura e releitura da obra : "O Navio Negreiro" - Willian Turner
  • Realizar produções artísticas.
  • Conhecer e valorizar o patrimônio cultural, material e imaterial da cultura africanas favorecendo a construção de vocabulário e repertório relativos às diferentes
  • linguagens artísticas.

CONTEÚDOS

  • Suportes, ferramentas, matérias .
  • Corpos perceptivos: intuição, imaginação criadora, coleta sensorial;  repertório pessoal e cultural; pensamento visual; pensamento corporal e cinestésico .
  • Percurso de experimentação; perseguir ideias; esboços;  estudo e pesquisa; apropriações; combinações; processo colaborativo.
  •  O corpo e a voz como suporte e matéria da arte.

RECURSOS

  • Sala multimídia
  • Papelão
  • Tinta
  • Pincel
  • Papéis coloridos
  • Lápis
  • Cola
  • Tesoura
  • Linha
  • Tecidos/ Roupas usadas

ATIVIDADE DESENCADEADORA

FRUIÇÃO ESTÉTICA OBSERVAÇÃO E ANÁLISE DA OBRA: " O Navio Negreiro - Willian Turner".

Organize a sala e proponha uma discussão sobre os elementos presentes na obra. Apresente a biografia do artista e suas obras.

ATIVIDADE EM DUPLA

Ofereça um material de apoio para leitura da obra. Após, abra espaço para que os alunos possam expor suas respostas e dialogar a respeito delas.


ASSISTINDO UM VÍDEO

Acomode os alunos em uma sala multimídia e assista o vídeo sugerido. 
Tempo : 8 minutos e 58 segundos




ATIVIDADE INDIVIDUAL

Solicite que os alunos expressem ( através de um texto) o que sentiram ao assistir o vídeo  fazendo relação com  a obra de Willian Turner .


RELEITURA


Incentive os estudantes para que façam a releitura da obra. Depois, deixe que compartilhem suas produções com seus colegas.


CONSTRUÇÃO DE UM NAVIO NEGREIRO UTILIZANDO MATERIAIS RECICLADOS.

Separe a sala em grupos com três alunos cada.  Desafie-os a construir um navio negreiro com materiais reciclados. Posteriormente , sugira um momento para apreciar os trabalhos desenvolvidos.


HORA DE DO TEATRO

Organize a sala em pequenos grupos. Anteriormente , peça que preparem um figurino que represente a imagem da obra e planejem uma cena de teatro para apresentação em sala de aula.

AVALIAÇÃO

Observação e análise da participação dos estudantes em sala de aula através das atividades realizadas durante todo o processo de aprendizagem

REFERÊNCIAS

BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais : arte / Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília : MEC / SEF, 1998. 116 p.

MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO DE  SP. Caderno do professor - Arte -  Ensino Fundamental anos finais  5ª série/ 6º ano - volume 2 (p.57)

LEIA TAMBÉM! 

ROTEIRO PARA LEITURA DE OBRA.

BLUETOOTH E AULA DE ARTE. 

TECNOLOGIA - ELABORANDO UMA AVALIAÇÃO COM CORREÇÃO AUTOMÁTICA.

dezembro 27, 2017 0 Comments


GOOGLE FORMS E SALA DE AULA

Muitos professores têm o desejo de elaborar uma avaliação on-line. Mas, como é possível realizar esta tarefa de forma gratuita?

Um dos aplicativos utilizados para esse fim é o Google Drive. Usar esse App pode mudar a dinâmica da sua sala de aula e facilitar a correção das avaliações, já que este aplicativo também oferece o apoio de correção automática.

Segue abaixo a vídeo aula explicando como você pode fazer isso.





APROFUNDANDO...

O Google Forms é um dos aplicativos gratuitos encontrados no Google Drive. Ele foi criado com a finalidade de elaborar formulários que pudessem ser disponibilizados através de um endereço eletrônico.

Ao ser preenchido pelos respondentes, esse aplicativo possibilita que as respostas sejam visualizadas imediatamente na página do Google Forms do usuário que o criou. Essas respostas vão sendo tabuladas automaticamente.

No sistema educacional, esta interface, pode ser utilizada na elaboração de: avaliações, atividades , trabalhos escolares, tarefas, pesquisas...

Neste aplicativo , o professor tem a opção de elaborar atividades objetivas e dissertativas usando recursos como: imagens , vídeos , fotos, gráficos em uma mesma atividade , se assim preferir.

Os dados obtidos através das respostas dos alunos são geridos de forma coletiva e individual e podem ser impressos.



Elaborando uma avaliação on-line com correção automática (prova de múltipla escolha).


Para elaborar uma avaliação utilizando o aplicativo Google Forms, você precisa ter uma conta no gmail.

Após se cadastrar, você pode iniciar a elaboração de sua avaliação on- line.

Entre no seu e-mail e faça o login como mostra a figura 1.



Em seguida, observe no canto direito da tela o ícone indicado pela seta amarela. Clique sobre ele.



Quando clicar, você vai observar que aparece uma janela indicada pela seta verde. Clique no ícone do Google Drive .


Quando entrar no Google Drive, você vai visualizar uma página como a da figura 4. Provavelmente, se você nunca usou esse aplicativo, não vai visualizar nenhuma pasta.




Dentro do Drive, você vai encontrar o aplicativo Google Forms. No canto superior esquerdo desta página clique em NOVO ( botão indicado pela seta).





Depois, clique em MAIS (indicado pela seta amarela) e em  Google Formulário.


Quando entrar no Google Forms você vai ter acesso a esta página.

Antes de iniciar o processo de criação da avaliação é importante que você conheça a função de cada um dos ícones. O quadro abaixo simplifica a função de cada ícone.


Para elaborar uma avaliação on-line com correção automática você precisa criar um Teste no Google Forms. Para isso, ente em Configurações (figura 9).



Quando a janela abrir você precisa selecionar alguns itens. No item GERAL você tem várias opções para usar, porém, sugiro que coloque apenas a opção editar após o envio, pois, caso seu aluno não consiga ter um bom desempenho, você pode optar por retomar esta atividade.




No item, apresentação sugiro colocar a barra de progresso (para que o estudante observe seu progresso enquanto responde as questões) e mostrar “link” para ativar outra resposta caso queira editar).

O terceiro item CRIAR TESTE é que vai corrigir automaticamente as questões de múltipla escola.



Para ativar o teste, clique no botão "criar teste" (para saber se ele está ativo observe que ele muda de cor ).

Em seguida, você tem algumas opções para liberar suas notas. Recomendo que clique em: liberar notas imediatamente após o envio e valores para que os alunos possam receber as notas imediatamente.



Depois de concluir todas essas etapas, salve e volte a página inicial para começar a elaborar sua avaliação.

Na primeira seção da sua avaliação é importante que o aluno se identifique. Por isso, recomendo que coloque os seguintes itens: NOME - ANO (série) - DATA.

Inicie dando um título para sua avaliação como indicado com a seta.


NOME: Use o item resposta curta ele será suficiente para que o aluno escreva esta informação.


No canto direito da seção você tem a opção de colocar esta informação como obrigatória. Para acioná-la basta clicar no botão OBRIGATÓRIA. 
Aconselho que em todas as perguntas essa opção seja utilizada. Assim, você terá garantido as respostas do aluno em todas as questões.


Em seguida volte ao ícone indicado na seta amarela e adicione a próxima pergunta.


ANO: Você pode utilizar vários recursos – múltipla escolha, lista suspensa ou caixas de seleção. Todas exercem a mesma função, o que muda é o designer da página. 



Neste exemplo, usei a caixa de seleção e novamente coloquei como pergunta obrigatória.

Data: Selecione novamente o ícone  +  . Escreva “Data” no campo pergunta e depois clique  no menu a opção data



Após terminar a primeira página de identificação, crie uma nova seção. Para isso clique no ícone =



Você vai perceber que ao optar por esse ícone =  há uma quebra de página, ou seja, o aluno só poderá ter acesso a segunda seção, após concluir a primeira e assim sucessivamente.


Dê um título para sua seção (opcional).



Use novamente o ícone + para incluir uma pergunta. Escreva a consigna e em seguida dê as opções de respostas usando uma das opções: múltipla escolha ou caixa de seleção.



Em seguida, você verá logo abaixo as caixas de seleção e as opções adicionar opção e adicionar outro.

Clique em adicionar opção para colocar as respostas que deseja.




Não esqueça de colocar novamente como pergunta obrigatória. Após concluir esta etapa, clique em chave de resposta. Este item, será o gabarito da sua prova, para que o programa possa fazer a correção automática.


Coloque o valor de sua pergunta (seta amarela) para que o aplicativo possa mensurar automaticamente a nota.



Em seguida, clique em editar pergunta e continue adicionando quantas perguntas quiser até finalizar sua avaliação.



Durante a construção de sua avaliação você pode usar imagens, vídeos. Basta clicar nos ícones e escolher arquivos on-line ou não.

Você também pode incluir mais seções se achar necessário ou não. 

Ao finalizar sua avaliação, você não precisa salvar nada, pois o Google Forms salva tudo automaticamente.

Para disponibilizar as perguntas, copie o endereço que está na barra indicada (pela seta) e envie para seus alunos.

COMO MONTAR UM QUIZ NO POWERPOINT