“Um bom educador abraça quando todos rejeitam; anima quando todos condenam; aplaude os que nunca subiram ao pódio; vibra com a coragem de disputar dos que ficaram nos últimos lugares. Não procura o seu próprio brilho, mas faz-se pequeno para tornar os seus filhos, alunos e colegas de trabalho grandes”.

A.Cury

02 setembro 2017

TRABALHANDO COM FOLCLORE: DICAS DE SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS SOBRE FOLCLORE BRASILEIRO

Por Débora D' Pádua

#Folclore #Cultura Popular #Lendas #Costumes #Seqüência Didática #Unesco #Patrimônio Cultural.

A palavra tem origem no inglês e significa sabedoria popular. Simboliza os saberes culturais de um povo e sua identidade enquanto nação. Ao ser um conjunto de particularidades de cada país é único e geralmente transmitida de geração em geração.
O folclore brasileiro é, pois, o conjunto de criações baseadas nas tradições culturais de nosso país, criadas e recriadas através de histórias contadas de uma geração para outra, sucessivamente.
Existe uma riqueza muito grande e variada no folclore brasileiro tendo em vista o tamanho continental de nosso território e dada à riqueza e diversidade étnica, resultado histórico da formação do povo brasileiro.
Importante salientar que a UNESCO organismo da ONU para Educação e Cultura que salvaguarda o folclore das diferentes nações do mundo ressaltando sua importância como patrimônio cultural e a necessidade de preservação.
A data estipulada como "O Dia do Folklore" foi instituída oficialmente em 1965 como uma forma de manter presente o conjunto das manifestações folclóricas populares brasileiras.

EXEMPLOS EXPRESSOS EM DIVERSAS REGIÕES OU COMUNS EM TODO BRASIL

CANTIGAS DE RODA > Escravos de Jó, Ciranda-Cirandinha, Atirei o Pau no Gato, O Cravo e a Rosa, Sapo Cururu;
LENDAS E MITOS > Saci-Pererê, Negrinho do Pastoreio, Mula Sem Cabeça, Lobisomem, Curupira, Bicho-Papão, Boitatá;
MÚSICA E DANÇA > Fandango, Frevo, Samba, Xaxado, Xote, Maracatu, Pau-de-Fita, Quadrilha;
FESTAS POPULARES > Carnaval, Festas Juninas, Cavalhadas, Festa do Divino; dentre tantas mais.

As escolas brasileiras organizam durante agosto uma série de atividades, projetos, recriação de histórias e festas para homenagear nosso folclore e, principalmente, mantê-lo vivo.
Pensando nisto, para este mês do folclore daremos algumas sugestões de atividades voltadas para o Ensino Fundamental I e II com a proposta de salientar aspectos de nosso folclore nem sempre lembrados nesta data, sem perder a magia e o encanto que traz.

  • CHÁS MEDICINAIS 

  • PALAVRAS IGUAIS QUE SÃO UTILIZADAS EM VÁRIOS LUGARES PARA DESIGNAR COISAS DIFERENTES 
  • LENDAS URBANAS 
  • O CAFÉ DA MANHÃ DO BRASILEIRO 




Para abordagem em sala de aula vão algumas dicas essenciais antes das atividades e projetos a serem desenvolvidos com o tema:

  • De acordo com cada faixa etária fazer a apresentação do conceito de folclore a importância deste para as antigas e novas gerações;
  • O aluno deve se envolver com as pesquisas (em sala de aula com a professora que irá propor as fontes de pesquisa e mesmo fora da escola) e reproduzi-las com atividades lúdicas para que interaja com o que esteja sendo apresentado (as lendas, cantigas e jogos são magníficos de serem reproduzidos);
  • Sugerir que as brincadeiras antigas sejam reproduzidas de maneira a divertir aprendendo (e ensinando, hehe...);

Importante lembrar que o tema folclore pode e deve ser trabalhado não apenas no mês de agosto. A cultura regional possibilita uma gama enorme de possibilidades de desenvolvimento de atividades ligadas ao tema.
.

···· ···· ⟱ ···· ····


BIBLIOGRAFIA, FONTES E REFERÊNCIAS


FERRARI, Juliana Spinelli. Papel dos Pais na Educação: A Dimensão Emocional da Formação. Brasil Escola. Acesso em 04 de setembro de 2017.

FREEPIK, Imagens Vetoriais. Recursos Gráficos para Todos.


Reações:

0 comentários: