«UM BOM EDUCADOR ABRAÇA QUANDO TODOS REJEITAM; ANIMA QUANDO TODOS CONDENAM; APLAUDE OS QUE NUNCA SUBIRAM AO PÓDIO; VIBRA COM A CORAGEM DE DISPUTAR DOS QUE FICARAM NOS ÚLTIMOS LUGARES. NÃO PROCURA O SEU PRÓPRIO BRILHO, MAS FAZ-SE PEQUENO PARA TORNAR OS SEUS FILHOS, ALUNOS E COLEGAS DE TRABALHO, GRANDES». (AUGUSTO CURY)

10 junho 2013

>> Projeto Matemática: Jogo do Castelo

Neste jogo a criança é desafiada a descobrir os números que faltam no quadro numérico. Dessa forma, percebem as regularidades do sistema de numeração decimal.


Jogo do castelo on-line -http://revistaescola.abril.com.br/swf/jogos/exibi-jogo.shtml?200_castelo-2.sw


PROJETO: “JOGO DO CASTELO”


U.E. :
EIXO: Matemática
NÍVEL: Infantil II
DURAÇÃO: 
PROFESSORAS

JUSTIFICATIVA: Visando ampliar o conhecimento das crianças quanto à regularidade do sistema decimal, escolhemos o jogo do castelo, pois desperta o interesse das crianças, que brincando avança em suas hipóteses.

OBJETIVOS DIDÁTICOS

·          Apropriar-se gradativamente das regularidades  do sistema decimal
·          Ler e escrever números considerando a ordem da seqüência numérica
·          Apoiar-se na regularidade da organização da tabela
·          Comunicar idéias matemáticas trocando informações por meio de trabalhos em duplas e grupos a fim de desenvolver a autonomia.
·          Ter confiança em suas próprias estratégias e na sua capacidade para lidar com situações matemáticas novas, utilizando seus conhecimentos prévios.

CONTEÚDOS


Conceitual:
·          Conhecimento de algumas regularidades do nosso sistema numérico.
·          Conhecimento das regras do jogo

Procedimental:
·          Leitura e escrita de números considerando a organização da tabela numérica
·          Interpretação de números na tabela, utilizando diferentes estratégias (antecessor, sucessor, regularidade da linha, regularidade da coluna, contar a partir de um "nó"...
·          Socialização e argumentação de suas idéias/atividades realizadas.

Atitudinal:
·          Confiança em suas estratégias e na capacidade para lidar com situações matemáticas novas.
·          Respeito às regras do jogo, conscientizando-se de que pode ganhar ou perder.

ETAPAS PROVÁVEIS


1)      Atividade desencadeadora: foto real de um castelo;
O.D : em roda de conversa trazer a foto de um castelo, questionar as crianças se eles sabem o que é um castelo? Quem vive nos castelos?, etc.

2)      Contar a história do Numeraldo.
O príncipe Numeraldo é o dono deste belo castelo. Mas ultimamente ele enfrenta um problema, o castelo é muito, muuuuito grande!  E para não se perder, ele precisou colocar plaquinhas numeradas nas portas dos quartos.  Ao todo, são 50 quartos! Porém, Numeraldo descuidou um pouco da manutenção dessas placas e alguns números se apagaram. Você quer ajudar Numeraldo a encontrar esses números? Basta tirar a bandeira da frente de cada porta.

3)    Apresentar e brincar com o jogo do castelo
OD: Explicar as regras do jogo. Jogar no coletivo, utilizando um jogo maior para que todos possam visualizar e convidar algumas crianças para jogar. (repetir algumas vezes no mesmo dia ou em aulas diferentes)

Regra do jogo: A tabela  do castelo representa os números dos quartos, mas alguns “desapareceram” das portas. O desafio é descobrir os números escondidos atrás das fichinhas/bandeirinhas. Na sua vez de jogar, o aluno escolhe qual quarto deseja identificar e dá a resposta. Em seguida descobre o nº.  se estiver correto (os adversários devem concordar), ele ganha a fichinha. Ganha o jogo quem tiver mais fichas.

3)      Precisamos descobrir em qual quarto entrou para bagunçar.
O.D: A professora deverá cobrir os números sem os alunos verem e na roda propor que descubram quais números estão tampados. Perguntando que números estão tampados e que justifiquem suas escolhas.

4)    Situação problema: Se Branca de Neve tem 15 convidados para o jantar de quantos pratos ela irá precisar?
O.D: realizar a atividade no coletivo de forma concreta , levando para sala de aula os materiais necessários para que os alunos vivenciem a situação problema.

5)    Jogar o Jogo do Castelo nos grupos
OD: Formar duplas produtivas, organizando as crianças com saberes próximos. Retomar as regras do jogo. A professora pode definir os quartos que serão escondidos ou pode dividir as fichas para que cada aluno cubra alguns, antes de começar o jogo.
Como todas as crianças estarão jogando no momento coletivo, a professora deve circular pela sala, observando as estratégias ou dificuldades, oferecendo informações  ou fazendo questões que levem as crianças a rever suas idéias.  É importante lembrar que nesse momento do jogo em duplas não é possível observar ou orientar todos; por isso é necessário incentivar a troca de informação entre as duplas, favorecendo a autonomia.

6)    Discussão das estratégias na roda
OD: A partir das observações, a professora pode trazer questões para roda de discussão, ajudando as crianças na socialização de estratégias. Também é possível fazer uma sistematização das idéias como, por exemplo: “Boas dicas para ganhar o jogo...” (isso nunca deve ser feito no início como forma de ensinar um único procedimento, mas como referência para aqueles que querem se apoiar em estratégias mais econômicas)
7)    Escreva os vizinhos.
O.D: de  acordo com a situação problema solicitar que as crianças registrem os números antecessores e sucessores.

8)- Distribuir números móveis (1 ao 9) para que as crianças ordenem em dupla e façam a leitura após o término da organização dos numerais. (usar a tabela numérica se necessário). Depois guardar os números pra outras atividades.

9) Dar continuidade a história criando uma vez por semana situações em que as crianças tenham que encontrar os números que faltam que estão fora de ordem;
Variações:
·         Trabalhar com Intervalos no campo numérico (quarto do castelo), de acordo com a competência das crianças. Por exemplo: entre 1 e 10; 10 e 20; 20 e 30.
·         Quantidades de quartos tampados na tabela. Por exemplo: tampar 10 quartos...
·         Que vem antes e depois, depois dos 10, dos 20...
·         Distribuir números móveis para as crianças organizarem na série, consultar a tabela se necessário.
10) Jogar o jogo do castelo
Cada grupo com um tabuleiro e números virados;
Material: 1 tabuleiro para cada grupo de 5 crianças e fichas de números móveis de 1 a 30 ou mais.
·         Organizar grupos de 5 crianças.
·         Evitar intervenções durante o jogo. Observar para propor atividades complementares de acordo com o avanço das crianças;
·         Planejar os grupos a ser observado, fazer registro de suas observações.
Variações:
·         Colocar os números em seqüência com consulta para quem ainda não conhece o numeral;
·         Adivinhar os números que estão virados;
·         Ordenar colunas completando a tabela com os números que faltam.

11) Escrever os números dos quartos que estão faltando, numa folha/matriz previamente elaborada.

12) Dividir a sala em grupo e brincar de número oculto na lousa, colocar uma plaquinha em cima de um ou mais números o grupo que acertar ganha pontos.

13) Na roda (coletivo) entregar para algumas crianças um cartão com número que correspondem a uma porta do castelo, depois chamá-las para ordenar e encontrar o lugar correspondente desse numeral.
14) Organizar os números que estão invertidos.
Pedir para os alunos observem a atividade em que a sequência dos números está desorganizada, e pergunta-los qual seria a forma correta de organizar esses números. Na lousa pedir que ajudem e falem a forma correta para que os números fiquem na sequência, logo em seguida fornecer tabela numérica para que escreva a sequência correta.

15) Colar os números em sequência na tabela.
O professor providenciará a tabela impressa e os números móveis e as crianças colarão os números que estão faltando em seqüência. Podendo variar de acordo com a competência da criança. Esta atividade também poderá ser feita em duplas.












1
2
3
4
5
6
7
8
9
10

Pauta de observação;
·         Identifica quais números?
·         Recita e conhece a seqüência da série até...
·         Que hipótese utiliza para escrever os números?


Atividade Final: Repetir a atividade inicial para verificar os avanços dos alunos.

Avaliação: Observar e registrar os conhecimentos iniciais na pauta de observação. Acompanhar os alunos durante o semestre, utilizando os conhecimentos construídos ao longo dos estudos para agrupar ou intervir. Registrar observações na pauta final.

“ATIVIDADES A PARTIR DO JOGO PARA APRENDER MAIS”:

Orientações gerais: Iniciar essas atividades depois que as crianças já tiverem jogado o jogo do castelo algumas semanas nas duplas.




1)    Escreva os números das portas do castelo que estão faltando.
1
2

4
5

7

9
10
11
12

14
15

17

19
20
21
22

24
25

27

29
30
31
32

34
35

37

39
40
41
42

44
45

47

49
50
51
52

54
55

57

59
60
61
62

64
65

67

69
70
71
72

74
75

77

79
80
81
82

84
85

87

89
90
91
92

94
95

97

99
100

OD: Após a atividade, com as crianças sentadas na roda e com a sua tabela na mão a professora perguntará o que você percebeu de parecido entre os números que estavam faltando.

2)    Marque na tabela os números que a professora ditar.


3)    Encontre o número intruso (no coletivo)



Bibliografia:
Revista Nova escola – Março/2007 – Edição nº200
Ensinar matemática na educação infantil e series iniciais, pág. 71  / Mabel Panizza  / Artmed



0 comentários: