Educar é viajar no mundo do outro sem nunca penetrar nele. É usar o que pensamos para nos transformar no que somos. O maior educador não é o que controla, mas o que liberta. Não é o que aponta os erros, mas o que os previne. Não é o que corrige comportamentos, mas o que ensina a refletir. Não é o que observa apenas o que é tangível aos olhos, mas o que vê o invisível. Não é o que desiste facilmente, mas o que estimula sempre a começar de novo.

Um bom educador abraça quando todos rejeitam; anima quando todos condenam; aplaude os que nunca subiram ao pódio; vibra com a coragem de disputar dos que ficaram nos últimos lugares. Não procura o seu próprio brilho, mas faz-se pequeno para tornar os seus filhos, alunos e colegas de trabalho grandes.

A.Cury

01 abril 2012

HISTÓRIA:OSTRÊS PORQUINHOS

OS TRÊS PORQUINHOS

        ERA UMA VEZ TRÊS PORQUINHOS: CÍCERO, HEITOR E PRÁTICO.
       ELES RESOLVERAM CONSTRUIR SUAS CASAS PARA SE PROTEGEREM DO LOBO MAU.
       CÍCERO, APRESSADO FEZ UMA CASA DE PALHA.
       HEITOR FEZ SUA CASA DE GRAVETOS.
       PRÁTICO, PREVENIDO, FEZ SUA CASA DE TIJOLOS.
       UM DIA, O LOBO MAU APARECEU . ASSUSTADOS CADA UM CORREU PARA SUA CASA. VOCÊ SABE O QUE ACONTECEU?
       O LOBO SOPROU, BUFOU E A CASA DE PALHA CAIU.
       CÍCERO COM MEDO, FUGIU PARA A CASA DE HEITOR.
       O LOBO NÃO DESISTIU E FOI CORRENDO ATRÁS E NOVAMENTE SOPROU, BUFOU E A CASA DE GRAVETOS CAIU.
       COM A CASA NO CHÃO, CICERO E HEITOR, COM MEDO FUGIRAM PARA A CASA DE PRÁTICO.
       O LOBO CHEGOU LOGO EM SEGUIDA. ELE SOPROU, BUFOU E...A CASA NEM SE MEXEU!
       AÍ O LOBO TEVE UMA IDÉIA...ELE RESOLVEU ENTRAR PELA CHAMINÉ, MAS ELE CAIU EM CALDEIRÃO DE ÁGUA QUENTE.
       DESTE DIA EM DIANTE O LOBO SÓ NÃO TINHA MEDO DE ÁGUA FRIA!
RECONTADO PELAS AUTORAS:
ISABELLA CARPANEDA E ANGIOLINA BRAGANÇA


Reações:

0 comentários: