“Um bom educador abraça quando todos rejeitam; anima quando todos condenam; aplaude os que nunca subiram ao pódio; vibra com a coragem de disputar dos que ficaram nos últimos lugares. Não procura o seu próprio brilho, mas faz-se pequeno para tornar os seus filhos, alunos e colegas de trabalho grandes”.

A.Cury

14 março 2012

Projeto: “Criança Feliz”

Projeto: “Criança Feliz”

Tema: “Dia da criança”

Duração: 10 /10 à 14/10/2005

Público alvo: maternal e pré-I

Educadora: Andréa Flavia de Brito



Justificativa:

Há muitos anos atrás a criança era tratada como um adulto em miniatura, trajava-se como tal e tinha responsabilidades que não cabiam as mesmas. Com o passar dos anos os adultos foram mudando seus conceitos com relação aos pequeninos, apoiados pelo cristianismo, que começou a enxergar os mesmos como “anjinhos” cheios de inocência. Assim os adultos começaram a preservar as crianças e a tratá-las de modo diferente. Hoje existe o Estatuto da Criança e do Adolescente, um importante documento em nosso país que trata a criança com dignidade e respeito. O dia da criança é um momento importante para tratar com os alunos sobre seus direitos e deveres e mostrar-lhes que não estão sozinhos que em nossa sociedade existem pessoas que estão trabalhando a seu favor, para que os mesmos possam ser crianças felizes, com oportunidades iguais.

Objetivo geral:

·       Trabalhar o tema de maneira transdisciplinar.



Objetivos específicos:



·       Manusear e folhear materiais diversificados;

·       Trabalhar conteúdos específicos de forma multidisciplinar;

·       Desenvolver o gosto pela leitura, valorizando – a como fonte de informação;

·       Começar a compreender os funcionamentos comunicativos da escrita, que se escreve para ser lida, reconhecendo a sua necessidade em diferentes situações;

·       Participar de situações de intercambio oral, falando em turnos e escutando a fala de outras pessoas.

·       Promover o “Letramento” como princípio norteador dentro do trabalho.

·       Reconhecer progressivamente segmentos e elementos do seu próprio corpo;

·       Produzir textos escritos, ainda que não de forma convencional, utilizando a escrita com as concepções que possui no momento;

·       Familiarizar-se com as letras através da utilização de alfabeto – móvel;

·       Exercitar a escrita;

·       Estabelecer aproximações e algumas noções de matemática, presentes no cotidiano.

·       Trabalhar a escrita de algoritmos; (pré-I).

·       Desenvolver lateralidade. Observação, percepção de espaço;

·       Aplicar conceitos de seqüência lógica –matemática;

·       Reconhecer alguns direitos instituídos pelo E.C. A - Estatuto da Criança e do Adolescente.

·       Valorizar diferentes brincadeiras infantis.

Recursos:



·       Alfabeto móvel – grande e pequeno

·       Crachás

·       Jogos específicos para cada faixa etária como:

·       Alfabeto exposto na parede

·       Números expostos na parede

·       Rotina exposta em sala de aula

·       Bexigas

·       Bolas

·       Músicas infantis

Introdução: Leitura da história João e Maria – relacionar os personagens, sua vida com os direitos da criança e do adolescente instituídos no E.C.A.

Culminância: Festa em homenagem as crianças

Avaliação: Será feita durante todo o processo.
Reações:

0 comentários: