“Um bom educador abraça quando todos rejeitam; anima quando todos condenam; aplaude os que nunca subiram ao pódio; vibra com a coragem de disputar dos que ficaram nos últimos lugares. Não procura o seu próprio brilho, mas faz-se pequeno para tornar os seus filhos, alunos e colegas de trabalho grandes”.

A.Cury

14 janeiro 2012

SEQÜENCIA DIDATICA DO TEMA "BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS" COM AS OBRAS DE CÂNDIDO PORTINARI

Por Andréa Gonçalves

SEQUÊNCIA DIDÁTICA

Tema: Brinquedos e brincadeiras  
Público alvo: 2º ano do Ensino Fundamental
Duração: 2 semanas

JUSTIFICATIVA

Candido Portinari foi um artista que dedicou sua vida ao registro da cultura de seu povo e da sua nação. Brasileiro, nasceu em Brodósqui, cidade do interior paulista, em 1903. Sua terra natal seria lembrada sempre em suas pinturas. Na Fazenda Santa Rosa, onde morava, observava os colonos trabalhando na roça e, assim, pintava coisas e pessoas do interior, exaltando a gente que produz e trabalha pelo país. Para Portinari, o processo produtivo é o da agricultura da região, seus cafezais, seus milharais, sua cana de açúcar, seus arrozais. Sua obra foi intensa e diversificada, refletindo diferentes temas: Tipos regionais do Brasil, como cangaceiros e índios; retratos; músicos; o homem do campo; e principalmente, crianças. Portinari adorava pintá-las brincando, e dizia:"Sabem por que que eu pinto tanto menino em gangorra e balanço? Para botá-los no ar, feito anjos". Seja brincando em mangueiras frondosas ou participado de 'peladas' de futebol e festas de São João, suas crianças trazem a lembrança da vida rural. Agrupadas em bandos, são apresentadas vestindo roupas claras e rústicas, geralmente em movimento, com gestos largos ou de posse de brinquedos manufaturados. Espantalhos, pipas, luas e estrelas são elementos recorrentes que refletem o apego à cultura rural e à paisagem do interior. Este universo infantil é povoado de elementos lúdicos, como brinquedos, brincadeiras e jogos. "Nossos brinquedos eram variados, conforme o mês, e também havia os para o dia e os para a noite. Para o dia eram: gude, pião, arco, avião, papagaio, bilboquê, ioiô, botão, balão, malha e futebol. Para a noite: pique, barra-manteiga, pulando-carniça, etc.".
Candido retratou em suas obras — de forma bela e expressiva — a realidade vivenciada pela sociedade em que estava inserido naquele momento, não deixando de lado sua posição em relação às questões sociais.
Analisar este grande talento é instigar nos alunos a curiosidade pela Arte como forma de expressão e compreensão, despertando o desejo do fazer criativo. Aos alunos do segundo anos faz-se necessário estudá-lo, já que Portinari retratou em muitos de seus quadros brinquedos e brincadeiras de sua época que muitas crianças experimentam até hoje.

OBJETIVO GERAL

Dar a oportunidade aos alunos de conhecer as obras de Candido Portinari, oportunizando momentos lúdicos e divertidos tendo como tema principal os quadros que retratam a infância, mais especificamente “brinquedos e brincadeiras", despertando o interesse pela arte visual e formando opiniões através das releituras.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

• Apreciar obras de arte que estabeleçam significado interpretativo;
• Conhecer alguns dos principais aspectos da produção de Candido Portinari;
• Apreciar obras de Candido Portinari;
• Conhecer a biografia de Candido Portinari;
• Relacionar a pintura de Candido Portinari à sua história de vida;
• Aprender diferentes técnicas de pintura;
• Respeitar as produções dos colegas;
• Conhecer brincadeiras representadas na arte de Portinari;
• Conhecer fatos importantes da vida de Portinari;
• Vivenciar algumas brincadeiras representadas no acervo de Candido Portinari;
• Representar, através de diferentes técnicas, algumas brincadeiras vivenciadas.
• Estimular o desenvolvimento das habilidades estéticas na observação de Artes;
• Interagir harmoniosamente com os colegas e professor;
• Compartilhar o mesmo espaço e objetos em um momento de trabalho escolar;
• Adquirir habilidades de reconhecer e interpretar textos verbais e não-verbais.

CONTEÚDOS

• Leitura de imagem;
• Biografia do autor;
• Reconhecer um texto biográfico;
• Textos verbais e não verbais.
• A infância de ontem e de hoje;
• Conhecendo e produzindo brinquedos e brincadeiras antigas;
• Texto visual e contexto de produção de imagem.

MÍDIAS E MATERIAIS

• Data show;
• Papéis diversos: Folhas de A4 sulfite, pardo, color set, A4 peso 40;
• Caneta esferográfica;
• Lápis de cor, giz de cera, canetinha;
• Cola, pincel, tesoura;
• Tinta guache preta ou nanquim;
• Reproduções das obras em folha A4 para os alunos fazerem a leitura/releitura de imagem.

METODOLOGIA

INTRODUÇÃO

Atividade desencadeadora.
A turma vai assistir o vídeo: Retratos da Infância (por Cria Mineira).


1ª ATIVIDADE
PRIMEIRAS IMPRESSÕES DE PORTINARI

1º Momento > Levantamento de conhecimentos prévios
A partir deste filme o educador fará o seguinte questionamento:
• Quais brincadeiras estão retratadas no vídeo?
• Você já viu estas imagens antes? Onde?
• Você reconhece quadros nestas imagens? Quais?

2º Momento > Conhecendo um pouquinho de Portinari
Você sabe de qual pintor a música fala?
O professor deverá apresentar Candido Portinari como o artista que criou as obras apresentadas no filme: Dizer seu nome, mostrar fotos e contar a história de fatos importantes vividos que revelem às crianças o momento sócio-histórico e cultural no qual ele viveu. Com este material os alunos coletivamente farão um cartaz que ficará exposto na sala.

3º Momento > As brincadeiras de Portinari
• Os alunos farão uma lista das brincadeiras apresentadas no vídeo.


2ª ATIVIDADE
APRECIANDO AS OBRAS DE PORTINARI

1º Momento > Observando e refletindo sobre as obras do pintor

O professor deverá trazer para a roda uma das obras de Candido Portinari que retrate brincadeiras, para que as crianças apreciem o quadro e expressem seus sentimentos, percepções e vivencias a respeito da obra e de suas próprias brincadeiras, observando também seus detalhes e elementos: Linhas, formas e cores do quadro.
Todos as obras ficarão expostas na sala de aula.

2º Momento > Desenhando brincadeiras
Após a apreciação da obra e discussão sobre os elementos contidos nela, o professor deverá questionar sobre as vivencias das crianças com relação à brincadeira,.
Em seguida junto com o professor vão selecionar o quadro que mais gostaram. E com o auxílio de um lápis grafite/caneta esferográfica vão desenhar sobre o papel a sua releitura da obra escolhida.


 "Futebol" (1935)
97 cm de altura por 130 cm de largura. Tinta a óleo sobre tela de tecido. 

"Meninos no Balanço" (1960)
61 cm de altura por 49 cm de largura. Tinta a óleo sobre tela de tecido.

"Palhacinhos na Gangorra" (1957)
54 cm de altura por 65 cm de largura. Tinta a óleo sobre madeira compensada.

"Moleques Pulando Cela" (1958)
59,5 cm de altura por 72,5 cm de largura. Tinta a óleo sobre tela de tecido.

"Menino com diabolô" (1955)
21 cm de altura por 15,5 cm de largura. Desenho a lápis de cor e grafite sobre papel.

"Meninos Soltando Papagaios" (1947)
60,5 cm de altura por 73,5 cm largura. Tinta a óleo sobre madeira.

"Meninos Pulando Carniça" (1957)
53,5 cm de altura por 64,5 cm de largura. Tinta a óleo sobre madeira.

"Menino com Pipa" (1947)
100 cm de altura por  81 cm de largura. Tinta a óleo sobre tela.


3º ATIVIDADE
A INFÂNCIA DE PORTINARI

1º Momento > As relações de infância do pintor
Voltando a apreciar os quadros os alunos serão questionados sobre as relações de infância retratadas pelo pintor (oralmente vão colocar suas idéias sobre o assunto).O professor então trará para a sala informações sobre a infância do escritor .As crianças farão então relações entre a infância do pintor e a infância que vivenciam hoje.Se utilizam os mesmos brinquedos e brincadeiras.

2º Momento > A infância do presente sendo representada com a infância do passado
Os alunos escolher um dos quadros para representar a infância de hoje ,fazendo interferência colagem, pintura, na obra Futebol, de 1935.


4ª ATIVIDADE
VIVENCIANDO ALGUMAS BRINCADEIRAS

1º Momento > Vamos brincar!
O professor deverá iniciar a aula propondo à turma a realização de algumas brincadeiras. As sugestões deverão fazer parte da temática incluída no acervo de obras de Candido Portinari, como brincadeira de roda, pula carniça, etc. Ao final da vivência, o professor apresentará pinturas do autor relacionadas à temática encaminhando a apreciação de algumas obras. O que estão vendo, crianças, animais, adultos, objetos? Qual ação está ocorrendo? A cena acontece durante o dia ou à noite? A obra remete a lembranças? Quais?

2º Momento > Representando as brincadeiras vivenciadas com técnicas diferenciadas
Em seguida, o professor deverá propor um momento de fazer artístico. Orientará às crianças a retratarem os jogos através de algumas técnicas artísticas, tais como desenho cego, pintura com pontilhismo ou giz de cera e vela, bricolagem... A sugestão é organizar os materiais por cantos para que as crianças possam manuseá-los e familiarizar-se com eles. Salientamos que, na primeira vez, o número de opções seja reduzido e que a oferta seja ampliada gradativamente.


"Ronda Infantil" (1932)

Meninos com Carneiro (1959)


5ª ATIVIDADE
CRIANDO NOVOS BRINQUEDOS COM AS OBRAS DE PORTINARI

Propor aos alunos a preparação de materiais lúdicos baseados nas obras estudadas:
Quebra-cabeças, jogo dos sete erros, olho vivo, palavras cruzadas, caça-palavras...

"Meninos Brincando" (1955)
60 cm de altura por 72,5 cm de largura. Tinta a óleo sobre tela de tecido.
No centro, a releitura de aluno; fechando a série, o quebra-cabeça.

6ª ATIVIDADE
É HORA DE ESCREVER!

Os alunos irão selecionar uma das telas para fazer uma produção escrita sobre ela.
• O que você vê na tela?
• Quais são os elementos que compõe a tela?
• Descreva os sentimentos que você tem ao ver essa pintura.


CULMINÂNCIA

Exposição de trabalhos confeccionados pelos alunos.


AVALIAÇÃO

Os alunos serão observados durante todo o processo. O professor deverá constatar  — através de expressões orais e gráficas — se as crianças demonstram ter conhecimentos sobre as brincadeiras representadas no acervo de obras de Candido Portinari. Além disso, avaliará se a turma sabe fatos importantes da vida do artista plástico.

···· ···· ⟱ ···· ····


BIBLIOGRAFIA, FONTES E REFERÊNCIAS


PORTINARI, Candido. Web Oficial. Acesso em 05 de janeiro de 2012.

FUNDAÇÃO ROMI. 6° Encontro de Educadores Brincadeiras de Criança... Arte de Portinari. Acesso em 03 de janeiro de 2012.

CAPISTRANO, Naire Jane. Ficha Técnica de Aula: As Brincadeiras do Acervo de Candido Portinari. Núcleo Educacional Iinfantil - NEIMEC, Secretaria de Educação, Portal do Professor. Natal:17 de novembro de 2010. Acesso em 10 de janeiro de 2012.

MEC, Secretaria de Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais. Acesso em 07 de janeiro de 2012.


Reações:

0 comentários: