Educar é viajar no mundo do outro sem nunca penetrar nele. É usar o que pensamos para nos transformar no que somos. O maior educador não é o que controla, mas o que liberta. Não é o que aponta os erros, mas o que os previne. Não é o que corrige comportamentos, mas o que ensina a refletir. Não é o que observa apenas o que é tangível aos olhos, mas o que vê o invisível. Não é o que desiste facilmente, mas o que estimula sempre a começar de novo.

Um bom educador abraça quando todos rejeitam; anima quando todos condenam; aplaude os que nunca subiram ao pódio; vibra com a coragem de disputar dos que ficaram nos últimos lugares. Não procura o seu próprio brilho, mas faz-se pequeno para tornar os seus filhos, alunos e colegas de trabalho grandes.

A.Cury

14 janeiro 2012

PRÁTICA E EXPERIÊNCIAS SIGNIFICATIVAS VIVENCIADAS NO ENSINO DE ARTE E SUAS DETERMINANTES

Uma experiência interessante se refere ao tema Literatura de Cordel, que foi trabalhado numa escola da rede pública de maneira interdisciplinar por duas professoras da 4ª série, juntamente com a professora de Arte.
Foi abordado partindo dos conhecimentos prévios dos alunos e seu contato com diversos textos que foram compartilhados em sala de aula. Portanto iniciou-se com o gênero poesia, desenvolvendo a noção de versificação além das variantes linguísticas. O texto "Vaca Estrela e Boi Fubá", do autor Patativa do Assaré, foi utilizado como base da sequencia didática.
Partindo dele, explorou-se a musicalidade, o tipo de linguagem empregada, a região retratada no texto e a situação histórico-social do personagem. Nas aulas de Arte os alunos ouviram a música, desenharam seguindo a sequencia dos acontecimentos de cada estrofe, conheceram a xilogravura e vivenciaram esta técnica usando sua criatividade. Nas aulas de Língua Portuguesa o texto foi transformado em um relato pessoal; ou seja, os alunos colocaram-se no lugar do protagonista.
As professoras também levaram violão para a sala e cantaram com os alunos por várias vezes. Encerraram a sequencia didática com uma apresentação do material produzido na Semana da Cultura que aconteceu na Escola.
Os alunos por sua vez leram a biografia de Patativa do Assaré; cantaram "Vaca Estrela e Boi Fubá" e expuseram o trabalho escrito, a xilogravura e os desenhos para a comunidade escolar.

FATORES DETERMINANTES DA EXPERIÊNCIA
  • Interação e integração de alunos e professores;
  • Ampliação de conhecimentos e saberes de técnicas da versificação da poesia, da xilogravura e da música;
  • Elevação da autoestima e confiança dos alunos;
  • Construção de uma identidade socialmente ativa;
  • Vivenciamento de práticas e experiências significativas no contexto do ensino de Arte.
Rolando Boldrin canta "Vaca Estrela e Boi Fubá", acompanhado por Edmilson Capelupi (violão 7 cordas), Edson Alves (violão), Miltinho Edilberto (viola) e Paulo Pixu (percussão).
Fonte: TV Cultura, programa "Sr. Brasil" (1° de dezembro de 2013).

Reações:

0 comentários: